Medicamentsen-ligne vous propose les traitements dont vous avez besoin afin de prendre soin de votre santé sexuelle. Avec plus de 5 ans d'expérience et plus de 80.000 clients francophones, nous étions la première clinique fournissant du acheter kamagra original en France à vente en ligne et le premier vendeur en ligne de Cialis dans le monde. Pourquoi prendre des risques si vous pouvez être sûr avec Medicamentsen-ligne - Le service auquel vous pouvez faire confiance.

A velha lei no novo testamento

UM ESTUDO SUPLEMENTAR
A VELHA LEI NO
NOVO TESTAMENTO
OWEN D. OLBRICHT
“Agora, com efeito, obteve Jesus ministério tan- digo: até que o céu e a terra passem, nem um i ou to mais excelente, quanto é ele também Mediador um til jamais passará da Lei, até que tudo se de superior aliança instituída com base em supe- riores promessas. Porque, se aquela primeira Essa passagem apresenta vários conceitos aliança tivesse sido sem defeito, de maneira importantes: 1) O propósito da vinda de Jesus alguma estaria sendo buscado lugar para uma não foi abolir a Lei e os Profetas. 2) Ele veio, sim, segunda. E, de fato, repreendendo-os, diz: Eis aí para cumpri-los. 3) Jesus não estava falando vêm dias, diz o Senhor, e firmarei nova aliança apenas da Lei, mas também das palavras dos com a casa de Israel e com a casa de Judá, não profetas. 4) O céu e a terra não passarão até que segundo a aliança que fiz com seus pais, no dia todas as profecias dadas por Deus sejam cumpri- em que os tomei pela mão, para os conduzir até das. 5) Jesus confirmou que cada profecia refe- fora da terra do Egito” (Hebreus 8:6–9a). rente a Ele seria cumprida. 6) Quando profeciassão cumpridas, elas passam (isto é, já não preci- É possível que a velha e a nova aliança, a lei de Moisés e a lei de Cristo, estejam em vigor Jesus não estava dizendo que 1) os manda- hoje? Muitos ensinam que a “lei de Deus” como mentos da Lei e os Profetas deveriam vigorar até a velha aliança ainda está em vigor, mas que a que o céu e a terra passassem, nem que 2) Ele “lei de Moisés” (as ordenanças, os estatutos ci- veio para dar-lhes pleno significado (a idéia vis, os regulamentos sacrificiais e quaisquer ou- apresentada em algumas traduções1 ).
tros preceitos que, dizem eles, não estão incluí- Observe outros versículos com uma constru- dos na “lei de Deus”) já não está em vigor. Tais ção gramatical semelhante em frases ditas por grupos aceitam algumas das leis dadas a Israel, tais como a circuncisão, as leis morais e as leissobre alimentação, mas rejeitam os demais Pois não vim chamar justos, e sim pecadores ensinamentos de Deus. “Procura apresentar-te a Deus aprovado, como obreiro que não tem de Não penseis que vim trazer paz à terra; não vim que se envergonhar, que maneja bem a palavra trazer paz, mas espada (Mateus 10:34b).
Eu não vim para julgar o mundo, e sim parasalvá-lo (João 12:47b).
JESUS E A LEI
Os mandamentos contidos na Lei e nos Pro- fetas ainda estão em vigor? Jesus disse uma frase tanto justos como pecadores (Mateus 28:19), veio que é interpretada para se ensinar que esses para trazer paz (João 14:27) e para julgar (João mandamentos devem continuar em vigor en-quanto a terra existir. “Não penseis que vim 1 O Novo Testamento, Versão Fácil de Ler. São Paulo: Ed.
Vida Cristã, 1999, p. 6; Contemporary English Version (“Ver- revogar a Lei ou os Profetas; não vim para revo- são Inglês Contemporâneo”). Nova York: American Bible gar, vim para cumprir. Porque em verdade vos 5:22). Essas frases usam uma construção gramati- Mateus 5:17 pela idéia de que Jesus veio para dar cal grega que significa “não tanto A quanto B”, à Lei e aos Profetas seu pleno significado. Nesta mas não dizem “não A mas somente B”. Os passagem, Jesus estava falando da profecia e do termos da língua portuguesa “não só. mas tam- bém” podem ser incluídos nessa construção para Se a passagem for interpretada significando mostrar tal particularidade do idioma grego nes- que a Lei não seria abolida, então temos uma tas passagens: “chamar não só justos, mas tam- contradição incorrigível entre Jesus e os escrito- bém pecadores”; “trazer não só paz, mas tam- res do Novo Testamento. Várias passagens confir- bém espada”; “não só julgar, mas também salvar mam que a Lei e a aliança que Deus fez com Israel o mundo” e “não só abolir a lei, mas também foram canceladas. Ademais, Jesus salientou que Analise esta ilustração. Alguém comprou uma série de artigos numa loja. Quando essa Então, lhes disse: Assim vós também não enten-deis? Não compreendeis que tudo o que de fora pessoa fez a compra, não pagou, mas assinou um entra no homem não o pode contaminar, por- acordo segundo o qual pagaria mais tarde. Quan- que não lhe entra no coração, mas no ventre, e do o comprador voltou à loja duas semanas sai para lugar escuso? E, assim, considerou elepuros todos os alimentos (Marcos 7:18, 19).
depois, reafirmou ao dono: “Não pense que vimabolir nosso acordo; não vim aboli-lo, mas cum- A Lei distinguia os alimentos puros dos impu- pri-lo. Pois este ano não passará sem que eu ros. Jesus estava, portanto, mudando as leis sobre cumpra as exigências do acordo pagando cada alimentos (veja também 1 Timóteo 4:3–5).
Jesus também deixou implícito que o manda- Certos fatos são evidentes nesta situação: mento relativo ao lugar da adoração seria muda- 1) O cliente planejou pagar a conta. 2) Ele pagaria do. Lemos em João 4:21: “Disse-lhe Jesus: Mu- a conta antes que o ano acabasse; de fato, ele lher, podes crer-me que a hora vem, quando nem poderia pagar a conta na semana seguinte.
neste monte, nem em Jerusalém adorareis o Pai”.
3) Uma vez paga a conta, o documento continua- De acordo com a Lei, os judeus deveriam adorar ria sendo um registro de que os artigos foram na cidade que Deus escolhesse (Deuteronômio comprados e pagos, mas o acordo já não estaria 12:5, 11, 14, 18), ou seja, em Jerusalém (1 Reis em vigor. Finalmente, 4) quando a conta foi 11:13; Atos 8:27). Jesus ensinou que essa orde- paga, o acordo deixou de estar em vigor. (Não O mesmo se aplica à Lei e aos Profetas. Jesus PAULO E A LEI
veio para cumpri-los, não somente para aboli- Paulo e Barnabé encontraram-se com os após- los. Se Ele tivesse vindo para aboli-los, não pre- tolos e os presbíteros em Jerusalém para deter- cisaria cumpri-los. Fazendo todas as coisas que a minarem se a seita dos fariseus estava correta em Lei e os Profetas diziam que Ele faria, Ele os exigir que os gentios fossem circuncidados e cumpriu. Quando Jesus os cumpriu, eles perde- observassem a lei de Moisés (Atos 15:5b). A carta ram a validade. Se não tivessem perdido a vali- enviada aos gentios por esses líderes afirmava, dade depois de terem sido cumpridos, Ele teria com respeito a essa contenda, que estes não de morrer e ressuscitar vez após vez. Isso é tinham dado “nenhuma autorização” (Atos 15:24) desnecessário, já que Ele os cumpriu de uma vez dessa natureza. Foram dadas algumas restrições por todas (Lucas 24:44; 1 Coríntios 15:3, 4; aos gentios (Atos 15:29), mas a carta mostrava claramente que a Lei não deveria ser imposta aos A palavra traduzida por “cumprir” é o grego pleroo, que significa “completar, fazer o que um O que se entende por “a Lei” no Novo Testa- profeta predisse, cumprir uma profecia” (Mateus mento, ao se referir aos mandamentos do Antigo 1:22; 2:15, 17, 23); “completar o que é exigido ou Testamento, é a Lei que Deus deu a Israel. Jesus determinado” (Mateus 3:15; Marcos 1:15; Lucas afirmou que os judeus negligenciaram os manda- 7:1), “preencher” (Mateus 13:48; 23:32; Lucas mentos de Deus e Sua Palavra, quando violaram 3:5). Nenhum outro contexto em que a palavra o que Moisés disse (Marcos 7:8–13). Lucas tam- pleroo é usada pode justificar a tradução de bém ensinou que o que estava na lei de Moisés era a lei do Senhor (Lucas 2:22–24). Paulo incluiu fim da Lei para justiça. Para os que crêem em vários mandamentos que Deus deu a Israel no Jesus, buscar a justiça por meio da Lei chegou a termo “a lei” (Romanos 2:20–23; 7:7; 13:8–10), um fim porque Jesus encerrou a Lei como um assim como Tiago (Tiago 2:10, 11). “A lei de Moisés”, “a lei do Senhor” e “a Lei” referem-se à Em Gálatas 3:19, Paulo revelou por quanto mesma lei — a lei de Deus dada à nação de Israel tempo a Lei deveria perdurar: “Qual, pois, a (Deuteronômio 4:7, 8). Essa é a lei que foi razão de ser da lei? Foi adicionada por causa das revogada e substituída pela lei de Jesus.
transgressões, até que viesse o descendente a quem se fez a promessa, e foi promulgada por indicando que uma mulher se sujeita ao marido, meio de anjos, pela mão de um mediador”. An- enquanto ele estiver vivo. Avalie a conclusão de teriormente, ele havia explicado que Jesus é o Paulo nesta comparação: “Assim, meus irmãos, descendente (Gálatas 3:16). O fato da Lei ter sido também vós morrestes relativamente à lei, por dada para limitar o povo até que Jesus viesse meio do corpo de Cristo, para pertencerdes a significa que a Sua vinda pôs fim à Lei.
outro, a saber, aquele que ressuscitou dentre os mortos, a fim de que frutifiquemos para Deus” (Romanos 7:4). Paulo expressou essa mesma idéia Mas, antes que viesse a fé, estávamos sob a em Gálatas 2:19: “Porque eu, mediante a própria tutela da lei e nela encerrados, para essa fé que, lei, morri para a lei, a fim de viver para Deus”.
de futuro, haveria de revelar-se. De maneira Romanos 7:6 diz: “Agora, porém, libertados que a lei nos serviu de aio para nos conduzir aCristo, a fim de que fôssemos justificados por da lei, estamos mortos para aquilo a que estáva- fé. Mas, tendo vindo a fé, já não permanecemos mos sujeitos, de modo que servimos em novida- subordinados ao aio (Gálatas 3:23–25).
de de espírito e não na caducidade da letra”. Por A Lei não podia prover justificação pela fé; meio de Jesus estamos mortos para a Lei e dela pelo contrário, ela impedia a justificação. A Lei nos libertamos, o que significa que ela não tem foi um tutor [“aio”], um pedagogo (gr.: paidago- poder sobre nós e nós não temos a responsabili- gos) — literalmente, um tutor ou responsável por A total observância da Lei podia trazer justi- ça. Todavia, por causa do pecado, isso não acon- teceu (Gálatas 2:21; 3:21, 22). Para os que crêem, gregos ou romanos ricos para assumir a respon-sabilidade sobre um dos filhos da família. Era Jesus é o fim da lei para justiça (Romanos 10:4).
responsável pela criança dos seis aos dezesseis Isso significa que nos tornamos justos pela fé, e anos, vigiando seu comportamento por onde não pela observância da lei da qual Jesus é “o quer que fosse e acompanhando-a na ida e navolta da escola.2 A palavra “fim” é uma tradução de telos, que A comparação feita por Paulo é que assim como não significa unicamente “fim” (Mateus 10:22; o “tutor da criança” tinha controle sobre esta até 24:6; Lucas 1:33), mas também “tributo” (Mateus entregá-la aos cuidados do professor da escola, a 17:25; Romanos 13:7), “cumprimento”, “resulta- Lei também era responsável por nos conduzir do” (Lucas 22:37; Romanos 6:21, 22; Tiago 5:11) e até Jesus. Com a vinda de Jesus, que proveu “intuito” (1 Timóteo 1:5). No contexto de Roma- salvação aos que depositam a fé nEle, a Lei nos 10:4, telos retém sua raiz que significa “fim” cumpriu seu propósito. Agora que Jesus veio e ou “término”. Nos versículos de 1 a 3, Paulo nos proveu a salvação que a Lei não podia pro- apresentou o fato de que o povo judeu estava ver, já não estamos sujeitos a um tutor, a Lei buscando sua própria justiça, em vez de buscar a justiça por meio da fé em Jesus. Antes de A Lei separava os judeus dos gentios, porque tornar-se um seguidor de Jesus, Paulo também as pessoas incircuncisas eram impedidas de par- procurou justificar-se pela Lei; mas quando eleencontrou Jesus, deixou de procurar a justiça por 2 James Montgomery Boice e Merrill C. Tenney, eds., meio da Lei (Filipenses 3:9). Se a justiça tivesse The Expositor’s Bible Commentary (“Comentário Bíblico vindo por intermédio da Lei, Jesus teria morrido Expositivo”), vol. 10, Romans-Galatians (“Romanos-Gála-tas”), ed. ger. Frank E. Gaebelein. Grand Rapids, Mich.: em vão (Gálatas 2:21). Pelo contrário, Jesus é o Zondervan Publishing House, 1976, p. 467.
ticipar de várias práticas de Israel (Êxodo 12:48).
3) Jesus não só perdoou suas transgressões, Os judeus consideravam ilegal misturar-se com mas também removeu as ordenanças escritas gentios que fossem incircuncisos (Atos 10:28; que eram contra eles. Essas ordenanças eram hostis a eles, trazendo-lhes a maldição (Gálatas Jesus mudou isso abolindo a Lei. Efésios 3:10) que Jesus removeu através da Sua cruz 4) Paulo escreveu em Efésios 2:15 que Jesus Porque ele é a nossa paz, o qual de ambos fezum; e, tendo derribado a parede da separação aboliu “a lei dos mandamentos na forma de que estava no meio, a inimizade, aboliu, na sua ordenanças [gr.: dogma]”. O uso do termo grego dogma, em Efésios, referindo-se à lei em Efésios ordenanças, para que dos dois criasse, em si reforça (embora não de maneira conclusiva) o mesmo, um novo homem, fazendo a paz.
fato de que Paulo estava usando o mesmo termo A Lei incluía somente a nação de Israel (Deutero- em Colossenses referindo-se às mesmas ordenan- nômio 4:7, 8; Êxodo 34:27, 28; 1 Reis 8:9, 21), não ças. Há um estreito paralelo entre Efésios 2:1–15 os gentios (Salmos 147:19, 20; Romanos 2:14).
Enquanto a Lei vigorou, judeus e gentios não 5) Jesus encravou essas ordenanças na cruz e podiam se unir. Com a Sua carne, a Sua morte expôs publicamente Sua vitória sobre as potesta- (Colossenses 1:22), Jesus aboliu a Lei (Efésios des (Colossenses 2:15). Por isso Paulo escreveu: 2:14, 15); Ele pôs fim à Lei na cruz.
“Ninguém, pois, vos julgue por causa de comida e Quando Paulo escreveu que Jesus “[cance- bebida, ou dia de festa, ou lua nova, ou sábados” lou] o escrito de dívida, que era contra nós e que (Colossenses 2:16). Os cristãos morreram com Cristo constava de ordenanças”, ele poderia estar se para essas ordenanças (Colossenses 2:20) e outras.
referindo às transgressões que foram perdoadas Com base nisto, o significado de Colossenses (Colossenses 2:13, 14). Por outro lado, Paulo 2:13, 14 é que quando fomos sepultados e poderia estar se referindo às ordenanças que ressurretos com Jesus no batismo, fomos circunci- Deus deu a Israel e outras ordenanças que al- dados espiritualmente. Nossos pecados foram guns estavam tentando impor aos cristãos. Ob- perdoados por causa de nossa fé na obra de serve as razões abaixo para esse pensamento.
Deus, e não por causa das ordenanças da Lei.
1) Em Colossenses 2:13, Paulo afirmou que Tais ordenanças eram contra nós; só podiam nos nossas transgressões (plural) haviam sido per- trazer morte e maldição. Jesus removeu esse doadas. Então, no versículo 14, Ele acrescentou sistema ineficaz de ordenanças encravando-o na que “o escrito” (gr.: cheirographon, singular) — literalmente, o documento escrito à mão que Quando Paulo viajou para Corinto, “[deci- consistia de “ordenanças” (gr.: dogma) — foi diu] nada saber entre [eles], senão a Jesus Cristo removido. O que quer dizer o “documento escri- e este crucificado” (1 Coríntios 2:1, 2). Ele escre- to à mão”? Se Paulo estava se referindo às veu aos cristãos de Corinto acerca dos manda- transgressões, por que ele simplesmente não mentos do Senhor (1 Coríntios 14:37), mas essa usou o pronome correspondente a “elas”, escre- carta não incluiu os mandamentos da Lei ou da vendo: “cancelou-as, encravando-as na cruz”, 2) A principal tese de Paulo ao escrever aos A LEI EM HEBREUS
colossenses foi a superioridade de Jesus, em quem estão ocultos toda sabedoria e todo conheci- que, como uma sombra, era incapaz de benefici- mento (Colossenses 2:3). Como Jesus é superior, ar os que estavam sob ele. Hebreus 7:18, 19 diz: nada mais há para ser ensinado (Colossenses 2:4, “Portanto, por um lado, se revoga a anterior 8). Os cristãos em Colossos haviam morrido com ordenança, por causa de sua fraqueza e inutili- Jesus para ordenanças que não eram de Jesus, dade (pois a lei nunca aperfeiçoou coisa algu- por isso Paulo perguntou por que eles estavam ma), e, por outro lado, se introduz esperança se sujeitando a tais ordenanças (gr.: dogmatizo, superior, pela qual nos chegamos a Deus”. Por um verbo que significa “submeter-se a ordenan- causa do pecado somos incompletos, imperfei- tos, mas Jesus supre o que falta em nossas vidas removendo nossos pecados. A Lei, com seus (João 14:15, 21, 23; 15:10). As leis que Deus deu a sacrifícios, não podia tornar o adorar perfeito Israel já não são obrigatórias para os cristãos.
(Hebreus 9:9; 10:1). Todavia, o sacrifício de Jesuspode aperfeiçoar para sempre a igreja dos primo- CONCLUSÃO
gênitos (Hebreus 12:23), os que vão até Deus por meio de Jesus (Hebreus 10:14). Por não poder morte de Jesus derrubou a parede de separação nos aperfeiçoar, a Lei foi revogada (Hebreus e os cristãos morreram com Cristo para as orde- A mensagem de Deus para nós, na era cristã, Para os cristãos, a salvação não é alcançada é dada por intermédio de Jesus (Hebreus 1:1, 2).
pela observância da Lei — somente através de Seus seguidores são ensinados a observar tudo o Jesus que nos libertou da Lei através de Seu que Ele ordenou (Mateus 28:20). Os que recebe- sacrifício perfeito. Nossa fé reside em Jesus e nos Seus ensinos, não em Moisés e na Lei.
AS ALIANÇAS EM HEBREUS
respeito da aliança que Jesus intermediou: 3. É chamada de primeira aliança (8:7, 13; 2. É uma aliança superior (7:22; 8:6).
3. Jesus é o seu Mediador (8:6; 9:15; 12:24).
4. Torna-se obsoleta pela nova aliança (8:13).
5. É a segunda aliança (8:7; 10:9).
6. É uma nova aliança (8:8, 13; 9:15; 12:24).
6. A morte de Jesus perdoou as transgres- sões cometidas debaixo dela (9:15).
com Israel quando o tirou do Egito (8:9).
7. Foi inaugurada com o sangue de animais A nova, segunda e superior aliança feita por Jesus substituiu a velha, primeira alian- ça, intermediada por Moisés. Aquela pri- 10. Proveu misericórdia para o perdão dos meira aliança já não vigora. “Remove o pri- meiro para estabelecer o segundo” (Hebreus 11. O sangue dessa aliança nos santifica cos 14:24; Lucas 22:20; 1 Coríntios 11:25).
Hebreus 10:9b de modo a significar que só os 12. Os cristãos participam dessa aliança, sacrifícios foram removidos: “Dessa forma não da aliança do monte Sinai (12:18– Deus anula o primeiro sistema de sacrifícios para estabelecer o segundo” (Versão Fácil de 13. É a aliança eterna (13:20). Talvez esta Ler). “Assim Deus acabou com todos os anti- seja uma referência à aliança perene, a gos sacrifícios e pôs no lugar deles o sacrifício de Cristo” (Nova Tradução na Linguagem de Restringir o termo “primeiros” a sacrifíci- respeito da aliança que Moisés intermediou: os não é justificável, pois “primeiro” é usado 1. A nova, a segunda aliança, é superior a ela em Hebreus 8 referindo-se à primeira aliança e aos serviços a ela associados (8:7, 13; 9:1, 15, 18). O propósito geral do Livro de Hebreus é mentos) e a Jerusalém celestial do alto, que é a superior à Lei e à aliança que Deus firmou com nova aliança de Cristo. Ambas as passagens Israel (1:1, 2; 3:3–6; 7:19, 22; 8:6).
ensinam que os cristãos não são filhos da Sendo cristãos, não fomos ao monte Sinai, aliança do monte Sinai, mas filhos de Deus a montanha que resplandeceu com fogo, onde a trombeta soou quando os dez mandamentos Paulo escreveu em 2 Coríntios 3:6–14 que foram dados (Êxodo 19:18; Hebreus 12:18, 19).
o que estava escrito em pedras “desvaneceu” Fomos até o monte Sião, a Jerusalém celestial, (vv. 7, 11, 13; ERAB). Em vez de irmos atrás do e até Jesus, o Mediador da nova aliança que foi dito no Sinai, devemos nos voltar a Jesus, submetendo-nos a Ele (Efésios 5:24) Hebreus 12:18–24 corresponde às duas ali- como o Mediador da Nova Aliança (Hebreus anças alegóricas de Paulo em Gálatas 4:24–26 12:24). A primeira aliança foi posta de lado; — uma de Sinai, o monte que resplandeceu servimos debaixo da segunda aliança, a alian- Copyright 2002, 2005 by A Verdade para Hoje

Source: http://www.biblecourses.com/Portuguese/po_lessons/PO_200211_11.pdf

epri.org.za

Conditional Cash Transfers for Improving Uptake of Health Interventions in Low- and Middle-Income Countries A Systematic Review Context Cash transfers conditional on certain behaviors, intended to provide access to social services, have been introduced in several developing countries. The effec-tiveness of these strategies in different contexts has not previously been the subject ofa system

Microsoft word - 458643d3-03c8-085ec8.doc

World Anti-Doping Code 2007 Prohibited List The World Anti-Doping Code 2007 Prohibited List is effective from 1 January 2007. The World Anti-Doping Agency (WADA) reviews the Prohibited List every year to ensure the details of the substances and methods prohibited in sport are consistent with scientific and technological developments. Changes in 2007 Prohibited List include: •

Copyright © 2010-2014 Pharmacy Pills Pdf